Arquivo da tag: Oscar 2015

Maratona Oscar: Sniper Americano e O Jogo da Imitação

Padrão

Olá pessoal!!! Esse já é o terceiro post da “maratona oscar“!!! Os filmes escolhidos dessa vez foram “Sniper Americano” e “O Jogo da Imitação”, ambos ambientados em guerras e baseados em histórias reais.

Sniper Americano

PicMonkey Collage (2)

Sinopse (AdoroCinema): Adaptado do livro American Sniper: The Autobiography of the Most Lethal Sniper in U.S. Militar History, este filme conta a história real de Chris Kyle (Bradley Cooper), um atirador de elite das forças especiais da marinha americana. Durante cerca de dez anos, ele matou mais de 150 pessoas, tendo recebido diversas condecorações por sua atuação.

O que achei: O filme é bom, mas como todo filme de guerra, choca com a realidade cruel e de terror em que muitos países vivem. Além dos conflitos no Iraque após os ataques de 11 de setembro de 2001, o filme também mostra o quão difícil é para os soldados se “desligarem” de tudo que vivenciaram durante a guerra e como isso os deixam abalados mental e emocionalmente após voltarem pra casa.

Conclusão: Sei que esse tipo de filme é de certa forma, uma homenagem a pessoas que serviram ao seu país, além de mostrar um pouco do que elas passaram e do que elas fizeram, mas não gosto mais de filmes assim. Acho que são muito pesados, e me sinto muito mal depois de assisti-los. É muito triste ver e saber que existem pessoas capazes de tanta brutalidade.

Indicado a 4 Oscars:
– Melhor Filme
– Melhor Ator – Bradley Cooper
– Melhor Edição – Joel Cox e Gary D. Roach
– Melhor Roteiro Adaptado – Jason Hall

Trailer

O Jogo da Imitação

PicMonkey Collage (1)

Sinopse (AdoroCinema): Esta biografia de Alan Turing (Benedict Cumberbatch) acompanha sua ascensão no mundo da tecnologia, quando seus conhecimentos inestimáveis em matemática, lógica e ciência da computação contribuíram com as estratégias usadas pelos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial. No entanto, este homem tinha diversos conflitos com sua própria homossexualidade, buscando soluções de cura, e vindo a cometer suicídio em 1954.

O que achei: Difícil falar sobre esse filme sem dar spoiler, mas vou tentar. No início ele demorou um pouquinho para prender minha atenção, mas depois foi ficando bem interessante. O filme mostra um grupo recrutado pelo governo britânico para tentar decifrar os enigmas que a Alemanha Nazista usava para comunicar secretamente os planos de ataque durante a segunda guerra (apesar disso quase nada dos conflitos é mostrado). Foi aí que Alan Turing, o líder desse grupo, acabou tendo a ideia de criar uma máquina com inteligência para conseguir quebrar esses difíceis códigos em tempo hábil. Durante o filme também são mostrados alguns flashbacks da vida do Alan, que acabam explicando muita coisa sobre ele.

Conclusão: Gostei muito do filme, principalmente por ele contar a história de uma pessoa que teve extrema importância em relação ao início do desenvolvimento das tecnologias que temos disponível hoje.

Indicado a 7 Oscars:
– Melhor Filme
– Melhor Ator – Benedict Cumbertatch
– Melhor Atriz Coadjuvante – Keira Knightley
– Melhor Diretor – Morten Tyldum
– Melhor Trilha Sonora
– Melhor Edição – William Goldenberg
– Melhor Roteiro Adaptado – Graham Moore

Trailer

Essa é a minha lista de filmes para assistir na “Maratona Oscar 2015”:

Filme Assistido
A Teoria de Tudo sim
Birdman sim
Boyhood: Da Infância à Juventude sim
Caminhos da Floresta
Dois Dias, Uma Noite
Foxcatcher sim
Garota Exemplar sim
Livre
O Grande Hotel Budapeste sim
O Jogo da Imitação sim
O Juiz sim
Para Sempre Alice sim
Selma
Sniper Americano sim
Whiplash sim

E aí, já assistiram algum desses filmes?? Gostaram???

por Melina

Anúncios

Maratona Oscar: Whiplash e O Grande Hotel Budapeste

Padrão

Olá pessoal!!! Continuando com a “maratona oscar“, hoje irei falar sobre mais 2 dos principais filmes que irão concorrer aos principais prêmios. Os escolhidos para o post de hoje foram “Whiplash” e “O Grande Hotel Budapeste”.

Whiplash – Em Busca da Perfeição

PicMonkey Collage (47)

Sinopse (AdoroCinema): O solitário Andrew (Miles Teller) é um jovem baterista que sonha em ser o melhor de sua geração e marcar seu nome na música americana como fez Buddy Rich, seu maior ídolo na bateria. Após chamar a atenção do reverenciado e impiedoso mestre do jazz Terence Fletcher (JK Simmons), Andrew entra para a orquestra principal do conservatório de Shaffer, a melhor escola de música dos Estados Unidos. Entretanto, a convivência com o abusivo maestro fará Andrew transformar seu sonho em obsessão, fazendo de tudo para chegar a um novo nível como músico, mesmo que isso coloque em risco seus relacionamentos com sua namorada e sua saúde física e mental.

O que achei: Que filme agoniante!!! Talvez pra quem seja apaixonado por instrumentos musicais, em específico a bateria, goste bastante, mas pra mim esse filme foi uma “tortura”. No filme, a busca de Andrew pela perfeição ao tocar sua bateria é mostrada através de longas, repetitivas e angustiantes cenas onde ele ensaia quase que obsessivamente. Gostei bastante das interpretações tanto do Miles Teller quanto do JK Simmons.

Conclusão: Apesar de agoniante, o filme não é tão ruim, mas não assistiria de novo nem que me pagasse.

Trailer

Indicado a 4 Oscars:

– Melhor Filme
– Melhor Ator Coadjuvante – JK Simons
– Melhor Edição – Tom Cross
– Melhor Roteiro Adaptado – Damien Chazelle

O Grande Hotel Budapeste

PicMonkey Collage (46)

Sinopse (AdoroCinema): No período entre as duas guerras mundiais, o famoso gerente de um hotel europeu (Ralph Fiennes) conhece um jovem empregado (Tony Revolori) e os dois tornam-se melhores amigos. Entre as aventuras vividas pelos dois, constam o roubo de um famoso quadro do Renascimento, a batalha pela grande fortuna de uma família e as transformações históricas durante a primeira metade do século XX.

O que achei: Adorei!! O tipo de comédia que eu gosto, sem besteirol e sem piadinhas sem graça. Inteligente, leve, engraçado e apesar de meio mórbido as vezes, o filme é de uma delicadeza incrível. Alguma coisa nele que não sei explicar o que é (talvez a fotografia?) me fez lembrar “Moulin Rouge” (meu filme favorito). Também achei que ele tem alguma coisa que lembra os filmes de Charlie Chaplin. Apesar do meu ator favorito ao Oscar de melhor ator continuar sendo Eddie Redmayne por “A Teoria de Tudo“, acho que Ralph Fiennes deveria pelo menos estar na disputa.

Conclusão: Gostei bastante, apesar de achar que não é o tipo de filme que agrade a maioria.

Trailer

Indicado a 8 Oscars:
– Melhor Filme
– Melhor Diretor – Wes Anderson
– Melhor Trilha Sonora
– Melhor Edição – Barney Pilling
– Melhor Roteiro Original
– Melhor Figurino – Milena Canonero
– Melhor Maquiagem
– Melhor Fotografia – Robert Yeoman

Essa é a minha lista de filmes para assistir na “Maratona Oscar 2015”:

Filme Assistido
A Teoria de Tudo sim
Birdman sim
Boyhood: Da Infância à Juventude sim
Caminhos da Floresta
Dois Dias, Uma Noite
Foxcatcher sim
Garota Exemplar sim
Livre
O Grande Hotel Budapeste sim
O Jogo da Imitação sim
O Juiz sim
Para Sempre Alice sim
Selma
Sniper Americano
Whiplash sim

E aí, já assistiram algum desses filmes?? Gostaram???

por Melina

Maratona Oscar: Boyhood e A Teoria de Tudo

Padrão

Olá pessoal!!! No post de hoje irei falar um pouquinho sobre 2 filmes que irão concorrer ao Oscar 2015. Os escolhidos para esse primeiro post foram os filmes “Boyhood” e “A Teoria de Tudo”.

Boyhood – Da Infância à Juventude

PicMonkey Collage (44)

Sinopse (AdoroCinema): O filme conta a história de um casal de pais divorciados (Ethan Hawke e Patricia Arquette) que tenta criar seu filho Mason (Ellar Coltrane). A narrativa percorre a vida do menino durante um período de doze anos, da infância à juventude, e analisa sua relação com os pais conforme ele vai amadurecendo.

O que achei: Filme muito “parado”, sem muitas emoções… passei 2 hora e 45 minutos (tempo total do filme) esperando alguma coisa acontecer e nada aconteceu… Fiquei com a sensação de que o filme durou umas 5 horas, pois nunca que acabava! Se fosse transformar essa história num gráfico daria uma reta horizontal… sem nenhum climax.  O filme basicamente mostra a vida do Mason, desde os 5 anos de idade até aos 18, tudo ambientado num cotidiano no estilo bem americano de ser. O interessante do filme fica por conta de acompanhar visualmente o crescimento dos atores mirins, já que as gravações do filme duraram 12 anos.

Conclusão: Filme chocho e cansativo, não assistiria de novo. (Comentário maldoso a parte: Como uma menino tão bonitinho cresce e fica tão feio? #confusa hehehe)

Trailer

Indicado a 6 Oscars:
– Melhor Filme
– Melhor Ator Coadjuvante – Ethan Hawke
– Melhor Atriz Coadjuvante – Patricia Arquette
– Melhor Diretor – Richard Linklater
– Melhor Edição – Sandra Adair
– Melhor Roteiro Original

A Teoria de Tudo

PicMonkey Collage (43)

Sinopse (AdoroCinema): Baseado na biografia de Stephen Hawking, o filme mostra como o jovem astrofísico (Eddie Redmayne) fez descobertas importantes sobre o tempo, além de retratar o seu romance com a aluna de Cambridge Jane Wide (Felicity Jones) e a descoberta de uma doença motora degenerativa,  quando ele tinha apenas 21 anos.

O que achei: Primeiramente tenho que dizer que fiquei revoltada por uma pessoal tão inteligente, brilhante, de bom humor, fofa, entre outros vários adjetivos que poderia dar a Stephen Hawking, ter uma doença assim tão triste como a ELA – esclerose lateral amiotrófica  (aquela doença do desafio do balde de água com gelo)… É muito injusto saber que tem tanta gente por aí cheia de saúde e só fazendo coisas ruins… Pronto, desabafei!! Agora voltando a falar do filme, eu gostei bastante!!! Acho que conseguiram transmitir com uma leveza incrível toda dificuldade vivida por Stephen e sua família e como eles foram enfrentando os desafios impostos pela doença e a forma com que eles encaravam tudo apesar de todas as limitações. Achei a interpretação de Eddie Redmayne sensacional (até o momento ele é meu candidato favorito ao Oscar de melhor ator). Felicity Jones também teve uma atuação excelente, até eu assistir “Para sempre Alice” ela era minha candidata favorita ao Oscar de melhor atriz, agora é Julianne Moore.

Conclusão: Achei o filme muito bom e assistiria de novo com certeza! Até agora é meu favorito disparado!

Trailer

Indicado a 5 Oscars:
– Melhor Filme
– Melhor Ator – Eddie Redmayne
– Melhor Atriz – Felicity Jones
– Melhor Trilha Sonora
– Melhor Roteiro Adaptado – Anthony McCarten

Essa é a minha lista de filmes para assistir na “Maratona Oscar 2015”:

Filme Assistido
A Teoria de Tudo sim
Birdman sim
Boyhood: Da Infância à Juventude sim
Caminhos da Floresta
Dois Dias, Uma Noite
Foxcatcher sim
Garota Exemplar sim
Livre
O Grande Hotel Budapeste sim
O Jogo da Imitação
O Juiz
Para Sempre Alice sim
Selma
Sniper Americano
Whiplash sim

E aí, já assistiram algum desses filmes?? Gostaram???

por Melina

Conheça as músicas indicadas para o Oscar 2015

Padrão

Olá pessoal!!! Hoje irei mostrar pra vocês quais as cações estão concorrendo ao Oscar 2015!!! Esse ano 5 músicas estarão na disputa pela estatueta, e apenas uma delas também concorreu (e ganhou!) ao Globo de Ouro !!

Vamos conferir as músicas que estarão concorrendo ao Oscar de Melhor Canção Original???

1 – Everything is Awesome

Intérprete: Tegan and Sara feat. The Lonely Island

Filme: Uma aventura Lego

2 – Grateful

Intérprete: Rita Ora

Filme: Além das luzes

3 – Glory –  Essa foi a única música também indicada ao Globo de Ouro

Intérprete: John Legend e COmmon

Filme: Selma

4 – I’m Not Gonna Miss You

Intérprete: Glen Campbell

Documentário: Glen Campbell: I’ll Be Me

5 – Lost Stars

Intérprete: Adam Levine

Filme: Mesmo se nada der certo

Confira também as canções indicadas ao Globo de Ouro de Melhor canção Original:

1 – Big Eyes

Intérprete: Lana Del Rey

Filme: Grandes Olhos

2 – Glory – Canção vencedora do Globo de Ouro e  indicada ao Oscar

Intérprete: John Legend e Common

Filme: Selma

3 – Mercy Is

Intérprete: Patty SMith e Lenny kaye

Filme: Noé

4 – Opportunity

Intérprete: Greg Kurstin, Sia Furler e Will Gluck

Filme: Annie

5 – Yellow Flicker Beat

Intérprete: Lorde

Filme: Jogos Vorazes: A esperança – Parte 1

E aí, gostaram das músicas??? Qual a favorita de vocês??? A minha é a Yellow Flicker Beat, que não sei porque ficou de fora do Oscar.

por Melina

Indicados ao Oscar 2015

Padrão

Olá pessoal!!! Hoje foi divulgada a lista oficial dos filmes que irão concorrer ao Oscar 2015!!! Nós do A Gente Curte, AMAMOS o Oscar, e não é só pelos looks maravilhosos que as famosos (relembre os do ano passado aqui e aqui) desfilam nos tapete vermelho no dia da cerimonia, mas também pelos filmes mesmo!!! Sempre tentamos fazer uma “maratona oscar” e assistir ao máximo de filmes possível dentre os indicados aos prêmios de melhor filme, melhor ator e atriz e melhor ator e atriz coadjuvante, para depois torcer para os nossos favoritos ganharem!!!

PicMonkey Collage (31)

Com base nos filmes que foram indicados ao Globo de Ouro, já começamos a assistir alguns, mas não está sendo fácil, pois muitos ainda nem foram lançados no Brasil e acabamos dependendo de fazer downloads “ilegais” desses sites que tem por aí. Até agora já assistimos “O Grande Hotel Budapeste“, “Boyhood – Da Infância à Juventude“, “A Teoria de Tudo“, “Garota Exemplar” e “O Juiz“. Depois irei tentar fazer post falando (sem dar spoiler) um pouquinho de cada filme pra vocês, mas já adianto que até o memento meu favorito é “A Teoria de Tudo” e o que menos gostei foi “Boyhood – Da Infância à Juventude“.

A entrega dos prêmios acontecerá no dia 22 de fevereiro no teatro Dolby, em Los Angeles, e será apresentada mais uma vez pelo ator Neil Patrick Harris, o Barney Stinson da séries “How I Met Your Mother.

E vocês, também gostam de assistir aos filmes que irão concorrer ao Oscar?? Já assistiram algum dos que foram indicados esse ano?? Comentem!!!

Confira a lista dos indicados:

Melhor Filme
“Sniper Americano”
“Birdman”
“Boyhood: Da Infância à Juventude”
“O Grande Hotel Budapeste”
“O Jogo da Imitação”
“Selma”
“A Teoria de Tudo”
“Whiplash”

Melhor Ator
Steve Carell (“Foxcatcher”)
Bradley Cooper (“Sniper Americano”)
Benedict Cumbertatch (“O Jogo da Imitação”)
Micahel Keaton (“Birdman”)
Eddie Redmayne (“A Teoria de Tudo”)

Melhor Atriz
Marion Cotillard (“Dois Dias, Uma Noite”)
Felicity Jones (“A Teoria de Tudo”)
Julianne Moore (“Para Sempre Alice”)
Rosamund Pike (“Garota Exemplar”)
Reese Whiterspoon (“Livre”)

Melhor Ator Coadjuvante
Robert Duvall (“O Juiz”)
Ethan Hawke (“Boyhood”)
Edward Norton (“Birdman”)
Mark Ruffalo (“Foxcatcher”)
JK Simons (“Whiplash”)

Melhor Atriz Coadjuvante
Patricia Arquette (“Boyhood”)
Laura Dern (“Livre”)
Keira Knightley (“O Jogo da Imitação”)
Emma Stone (“Birdman”)
Meryl Streep (“Caminhos da Floresta”)

Melhor Diretor
Alejandro Gonzáles Iñárritu (“Birdman”)
Richard Linklater (“Boyhood”)
Bennett Miller (“Foxcatcher)
Wes Anderson (“O Grande Hotel Budapeste”)
Morten Tyldum (“O Jogo da Imitação”)

Melhor Animação
“Operação Big Hero”
“Como Treinar o Seu Dragão 2″
“Os Boxtrolls”
“Song of The Sea”
“The Tale of the Princess Kaguya”

Melhor Documentário
“O Sal da Terra”
“CitizenFour”
“Finding Vivian Maier”
“Last Days”
“Virunga”

Melhor Documentário (Curta-metragem)
“Crisis Hotline: Veterans Press 1″
“Joanna”
“Our curse”
“The reaper (La Parka)”
“White earth”

Melhor Trilha Sonora
“O Grande Hotel Budapeste”
“O Jogo da Imitação”
“Interstellar”
“Mr. Turner”
“A Teoria de Tudo”

Melhor Canção Original
“Everything is Awesome!!” – LEGO
“Grateful” – Beyond the Lights
“Glory” – Selma
“I’m Not Gonna Miss You” – Glen Campbell: I’ll Be Me
“Lost Stars” – Mesmo Se Nada Der Certo

Melhores Efeitos Visuais
Capitão América – O Soldado Invernal
Planeta dos Macacos: O Confronto
Guardiões da Galáxia
Interstellar
X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido

Melhor Edição
Joel Cox e Gary D. Roach (“Sniper Americano”)
Sandra Adair (“Boyhood”)
Barney Pilling (“O Grande Hotel Budapeste”)
William Goldenberg (“O Jogo da Imitação”)
Tom Cross (“Whiplash”)

Melhor Roteiro Original
“Birdman”
“Boyhood”
“Foxcatcher”
“O Grande Hotel Budapeste”
“O Abutre”

Melhor Roteiro Adaptado
Jason Hall (“Sniper Americano”)
Graham Moore (“O Jogo da Imitação”)
Paul Thomas Anderson (“Vício Inerente”)
Anthony McCarten (“A Teoria de Tudo”)
Damien Chazelle (“Whiplash”)

Melhor Figurino
Milena Canonero (“O Grande Hotel Budapeste”)
Mark Bridges (“Vício Inerente”)
Colleen Atwood (“Caminhos da Floresta”)
Anna B. Sheppard e Jane Clive (“Malévola”)
Jacqueline Durran (“Sr. Turner”)

Melhor Maquiagem
“Foxcatcher”
“O Grande Hotel Budapeste”
“Guardiões da Galáxia”

Melhor Fotografia
Emmanuel Lubezki (“Birdman”)
Robert Yeoman (“O Grande Hotel Budapeste”)
Lukasz Zal e Ryszard Lenczewski (“Ida”)
Dick Pope (“Sr. Turner”)
Roger Deakins (“Invencível”)

por Melina